segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Flores na alimentação.

Oi Gentennnnnnnnnn!!!!

Como vão vocês ,espero que sinceramente animadas como eu ,afinal já já é primavera, meu jardim esta tão lindo cheio de orquídeas  , manacás e muitas outras que já se iniciam nesta época do ano ,me causa muita alegria olhar o jardim assim tão florido.

Mas não foi por isso que resolvi escrever sobre as flores na culinária, estava eu aqui  zapeando nas redes sociais quando me deparei com umas fotos que meu primo querido colocava naquele momento,e a legenda era  FIORI DI ZUCCA!!!!DU UN BUONO .





Neste momento me detive a olhar as fotos e imaginar que delicia seria esta, este meu primo querido é um grande Gourmet, vive postando fotos das suas delicias. Hoje  ele mora em Boston e já morou na Itália a um tempo atrás e é gaúcho como eu, então imagine o repertório culinário dele, muito bom.

Obrigada pela inspiração Gabriel, assim além de falar sobre algo bem legal para quem me acompanha ,aproveito para homenagear todos os homens da Família da minha mãe que são todos grandes cozinheiros ,meus tios e meus primos são bons mesmo neste assunto, ficam me devendo receitas   para um post bem familiar que tal????Vou esperar por noticias.

Flores comestíveis são usadas na culinária para uma grande variedade de propósitos: para cozinhar, para servir de moldes para doces, saladas, decorações ou até para o prato principal.



 “Nem tudo são flores quando se trata de flores comestíveis” Mesmo que algumas sejam lindas não podem ser ingeridas. É o caso daquelas que apresentam substâncias tóxicas ou venenosas.

Flores comestíveis devem ser cultivadas sem qualquer adição de substâncias químicas, defensivos, etc. Existem alguns  produtores que se dedicam ao cultivo orgânico e para esta finalidade específica. O ideal mesmo é que a pessoa possa cultivar suas próprias flores comestíveis,já pensou que máximo colher as suas.

Observando estes cuidados, podemos nos dedicar a preparar deliciosas receitas com flores.

Espero mesmo que gostem, copiem se inspirem e sejam muito felizes.

Beijocas mil
Simone



flor de abóbora empanada

Ingredientes:

12   flores de abóbora (lavar e deixar na água com vinagre por 15 minutos);
01 xicara de (cha) de leite;
01 xicara de (cha)  de farinha de trigo;
01 ovo;
02 colheres de (sopa) de queijo parmesão ralado;
01 colher de ( cha) de fermento em pó;
Sal  a gosto;
Óleo ou azeite para fritura;

Preparo

Misture todos os ingredientes, menos as flores de abóbora.
Prepare o azeite ou óleo deixando a ponto de fritura.
Passe a flor de abóbora  na massa e frite uma por vez até dourar.
Escorra em papel absorvente e sirva  em seguida.

Ravióli de pupunha com camarões e rosas ( GNT )

Ingredientes para a massa:
8 ovos
700g farinha de trigo
300g semolina

Ingredientes para o recheio:
400g palmito pupunha cozido
2 dentes de alho
Meia xícara de cebolinha picada
1 colher de manteiga sem sal
Sal e Pimenta (a gosto)

Ingredientes para o molho:
32 cabeças de camarão
1 cebola
1 cenoura
1 dente de alho
1 folha de louro
1 talo de salsão
1 litro de água
500ml de creme de leite
Suco de 1 limão

Modo de preparo da massa:
Misture todos os ingredientes até a obtenção de uma massa homogênea. Enrole no filme plástico e deixe repousar por uma hora na geladeira. Para preparar o recheio,   refogue o alho na manteiga, acrescente o palmito pupunha cozido, finalize com a cebolinha, retifique com sal e pimenta e reserve. Agora é o momento de fazer o molho: descasque os camarões, reservando os corpos; pegue as cabeças e misture com a cenoura, a cebola, o louro, o salsão e deixe cozinhar por aproximadamente uma hora. Coe, misture com o creme de leite e leve ao fogo até obter uma consistência cremosa. Finalize com o suco de limão e retifique o sal e a pimenta.



 Salada verde com flores comestíveis ao vinagrete balsâmico ( GNT )


Dura pouco mais de cinco minutos o preparo da salada verde com flores comestíveis ao vinagrete balsâmico do Vigilantes do Peso. A receita light combina com diversas flores comestíveis e você pode escolher a sua preferida, como a amor perfeito, crisântemo, rosa e begônia. A porção tem 70 calorias, com 3g de proteína, 15g de carboidrato, 2g de gordura e 7g de fibra. Anote a receita de uma porção:

Ingredientes da salada:
1 xícara de folhas pequenas de espinafre
1 xícara de radichio rasgado
1 xícara de chicória rasgada
1 xícara de erva-doce (bulbo fatiado fino)
1 xícara de flores comestíveis variadas (amor-perfeito, crisântemo, rosa e begônia)
2 laranjas descascadas sem sementes (fatiadas finas)

Ingredientes do vinagrete balsâmico:
Meia xícara de caldo de galinha (0% de gordura)
1 colher (chá) de amido de milho dissolvida em uma colher (sopa) de água
3 colheres (sopa) de vinagre balsâmico
2 colheres (sopa) de azeite
2 colher (chá) de manjericão fresco (finamente picado)
Meia pitada de sal

Modo de preparo:
Para fazer o molho, ferva o caldo em uma panela e adicione o amido dissolvido. Mexa por um minuto até engrossar. Retire do fogo, acrescente o vinagre e deixe esfriar completamente. Bata o molho, enquanto adiciona o azeite, o manjericão e o sal. Transfira para uma jarra e mantenha na geladeira até o momento de usar. O que sobrar pode ser usado em legumes cozidos.  Em uma tigela grande para salada, junte e misture  os ingredientes da salada. Regue com o molho e sirva.






Flor capuchinha está no cuscuz de tapioca com coco ( GNT )



Ingredientes:
500g de farinha de tapioca para cuscuz
100g de sagu de tapioca
500ml de leite de coco
250ml de leite integral
200ml de creme de leite fresco
50ml de leite condensado
1kg de maracujá
150g de açúcar
250g de coco ralado
Flores de capuccine (capuchinha) para decorar

Modo de preparo:
Misture metade do leite de coco, o leite integral, o creme de leite e o leite condensado em uma panelinha e leve ao fogo. Aqueça e, quando estiver quase fervendo, acrescente a farinha de tapioca e o coco ralado. Retire do fogo e deixe hidratar, guardando na geladeira por até um dia. Cozinhe o sagu em água até ficar transparente. Retire e acrescente ao restante do leite de coco para marinar. Separe a polpa do maracujá e leve ao fogo com o açúcar, formando uma calda bem azeda. Sirva o cuscuz com o sagu e a calda e decore com as flores de capuccine.




Salada light de flores



Ingredientes:

1 folha de alface mimosa roxa
1 folha de alface americana
4 folhas de radiccio di Verona (uma variedade de chicória)
1 unidade de manga
6 unidades de morango
6 pétalas de amor-perfeito
         
Vinagrete de maracujá
100 ml de óleo de oliva
50 ml de suco de maracujá
30 ml de água
1 colher (café) de sal
1 colher (café) de pimenta
Como preparar:

Lave bem as folhas e as rasgue em pedaços. Para começar a montar, utilize o radiccio nas laterais do prato, dispondo todas as folhas, uma ao lado da outra, de modo a formar uma estrela. Corte a manga em dados. Corte os morangos em pedaços. Organize os dados de manga e morangos, espalhando-os sobre as folhas. Regue com vinagrete. Decore com as pétalas de amor-perfeito.
Vinagrete: bata os ingredientes no liquidificador.





Nhoque de beterraba assada com flores do campo e molho de brie ( receitas ig )


INGREDIENTES

Primeira etapa
5 unidades de capuchinha
5 unidades de calêndula
5 unidades de cravina
5 unidades de goivos
5 unidades de amor-perfeito crespo
365g de beterraba inteira
70g de balsâmico
60g azeite de oliva
5g de alho
1 colher (chá) de orégano fresco
Sal e pimenta-do-reino a gosto
Segunda etapa
655g de batata inteira (475g descascada e cozida e 530g em purê)
130g queijo ralado bem fino
30g manteiga sem sal
200g de farinha de trigo
60g de farinha de trigo para polvilhar a bancada
Sal e pimenta-do-reino a gosto
Para o molho de brie
130g de queijo brie
600g de creme de leite
30g manteiga sem sal
100 ml de vinho branco seco
250g requeijão com amido
Sal e pimenta a gosto

MODO DE PREPARO


Primeira etapa
Abra num tabuleiro uma folha de papel laminado. Corte as beterrabas ao meio e coloque sobre o papel, tempere com sal, pimenta e acrescente os dentes de alho. Feche uma das laterais do pacote de papel laminado e acrescente o orégano, o vinagre balsâmico e o azeite. Feche o pacote e leve ao forno a 180ºc por cerca de uma hora. Retire o pacote do forno, abra e coloque no liquidificador as flores do campo, a beterrabas, o alho, as ervas e o líquido do cozimento. Deixe bater bem até formar uma massa firme.

Segunda etapa

Lave a batata, descasque e coloque em água fervente com sal até que estejam macias. Escorra e passe por uma peneira. Coloque em uma bancada de trabalho e deixe esfriar. Depois, acrescente o purê de beterraba, a farinha de trigo, o queijo, a manteiga, o sal e pimenta-do-reino, amasse bem até ficar com uma boa consistência. Polvilhe a bancada com farinha de trigo e faça rolinho de 1 ½ cm de espessura e corte com 3cm de comprimento. Cozinhe o nhoque em água fervente levemente salgada. Assim que vierem à tona, escorra com uma escumadeira e coloque nos pratos.
Para o molho de brie
Coloque em uma panela a manteiga e leve ao fogo, assim que derreter, acrescente o vinho branco e deixe reduzir pela metade. Acrescente o creme de leite, o brie, o requeijão, misture bem e leve para ferver. Retire do fogo e deixe esfriar um pouco. Coloque no liquidificador e bata até ficar homogêneo. Volte ao fogo, tempere com sal, pimenta e deixe reduzir.

Montagem de uma porção
45g queijo na hora de servir
2 colheres (sopa) de manjericão para decoração
40g molho no fundo do prato
40g molho em cima do nhoque


Coloque o molho no fundo do prato, ponha o nhoque, e cubra com molho restante, Decore com as folhas de manjericão e sirva imediatamente acompanhado de queijo parmesão ralado na hora

Fontes:Gnt,IG,vigilantes do peso,Imagens retiradas da internet meramente ilustrativas.

3 comentários:

  1. Será que é bom??? Acho que eu não tenho coragem!!!Cibele

    ResponderExcluir
  2. Claro que sim,é muito bom ,é apenas diferente,vale a pena testar;
    bj bj

    ResponderExcluir